O regresso da NOKIA ao mercado!


A marca Nokia vai mesmo voltar. Em Smartphones e Tablets

No mesmo dia em que a Microsoft vendeu o negócio de feature phones que tinha comprado à Nokia a empresa finlandesa anunciou que licenciou a possibilidade de recuperar a marca. E quem está por trás da compra?

O acordo passa pelo licenciamento da propriedade intelectual da Nokia Technologies a outra empresa finlandesa, a HMD global Oy, que também quer comprar à Microsoft a possibilidade de usar a marca Nokia em smartphones.
O anúncio tem todos os traços de um contra-ataque no dia em que a Microsoft parece ter “enterrado” mesmo a sua aposta na marca Nokia com a venda do negócio dos feature phones a uma subsidiária da Foxconn.

Segundo o comunicado, a empresa finlandesa que acaba de ser criada, e que integra antigos executivos da Nokia, quer fabricar smartphones, feature phones e tablets, usando a marca Nokia que continua a ter grande peso no mercado, até pela história que acumulou na vida de muitos utilizadores. Os novos smartphones não vão usar o sistema operativo Windows mas sim Android.

O negócio é complexo e o licenciamento será exclusivo e é global, valendo para o período de 10 anos, não tendo sido avançados os valores do negócio.

A HMD foi criada mesmo com o objetivo de desenvolver uma gama completa de equipamentos com marca Nokia, e anunciou um acordo condicional com a Microsoft para usar os direitos da marca Nokia, assim como alguns direitos de design. Mas o negócio e as ligações não ficam por aqui.

A empresa fez também um acordo com a subsidiária da Foxconn que comprou o negócio de feature phones à Microsoft que se estende à área de tablets para controle de vendas, marketing e distribuição.

A informação divulgada garante ainda que a própria Nokia Technologies não vai fazer nenhum investimento financeiro na HMD, mas que terá um lugar no conselho de administração, com peso especial em todas as decisões relacionadas com a marca.

Depois de fechado o acordo, a HMD vai ser liderada por Arto Nummela que era um dos executivos da Nokia que foi “transferido” para a Microsoft e que estava atualmente à frente do negócio Mobile da empresa na Ásia, Médio Oriente e África, liderando também a área de feature phones. O presidente da empresa vem também da estrutura da Microsoft, e será Florian Seiche, atualmente vice presidente sénior de vendas e marketing da Microsoft Mobile.